Meu nome é Sidelicia Vieira Rufino, tenho 49 anos. Nasci no interior de Minas Gerais, depois me mudei para Belo Horizonte. Em 2005 me casei e mudei para o Rio de Janeiro. Assim que que cheguei aqui no Rio, procurei uma autoescola para tirar minha habilitação. Em 2006 após ser reprovada três vezes, conseguir tirar a carteira. Então comecei a treinar com meu esposo, mas tinha a sensação de que eu não estava pronta, que eu não sabia dirigir. Meu esposo ficava apavorado e dizia que eu ia morrer ou matar alguém. Com isso fui adquirindo medo, a cada treino eu sentia que só piorava, eu não tinha domínio do carro. Chegou a um ponto que aquela situação já estava sendo agoniante para mim.

Nesse período descobrir que estava grávida do meu filho. Meu médico pediu para interromper os treinos. Pois a gravidez tinha um certo risco, e se eu levasse um susto poderia perder o bebê. Nesse momento me sentir até aliviada, pois já estava cansada de tanto esforço sem resultado. A criança nasceu e eu esqueci do carro. Mas lá no fundo do meu coração tinha o desejo de dirigir, aquela sensação de algo que ficou inacabado. Bem mais tarde quando meu filho já estava com 5 anos, meu esposo trocou de carro, eu fiquei empolgada com o carro novo e pensei, vou comprar umas aulas em uma autoescola, quem sabe eu consigo dirigir esse carro. Comprei e fiz dez aulas que não adiantou nada, sair frustrada sem resolver a minha dificuldade e com mais medo ainda. O tempo foi passando, eu não imaginava que existisse tratamento para meu problema.

Em 2018 coloquei meu filho em uma escola de música que ficava quase em frente a Clínica Cecilia Bellina no Tijuca. Toda semana quando levava ele para música ficava olhando a placa da clínica onde está escrito “dirija sem medo”, mas a minha situação era tão crítica, que eu não tinha coragem de entrar na clínica para ver como era o método. Um certo dia, já em 2019 tomei coragem e entrei. Cheguei na recepção estava Débora, que me recebeu com todo carinho do mundo e me passou as informações sobre o método, tudo se encaixava, os horários, valores, tudo. Voltei para casa, depois tomei coragem e liguei para marcar entrevista. Fiquei muito satisfeita pela forma como fui acolhida pela equipe da clínica. Agendei minha primeira aula e fui morrendo de medo, na primeira voltinha eu rezava para a aula acabar. Assim iniciei o processo, os primeiros treinos no Grajaú, depois comecei a trazer o carro para a Tijuca. Com o apoio e incentivo da psicóloga Bruna e do instrutor Rodrigo e do nosso grupo maravilhoso, fui ganhando confiança e evoluído a cada dia.

No início de 2020 quando eu estava quase entrando em tarefa, nos deparamos com a pandemia do covid 19, onde o mudo teve que parar. Nesse momento as aulas foram suspensas, mas o nosso grupo continuou. Quatro messes depois as aulas práticas retomaram, com todos os cuidados. Voltei insegura e com medo, mas aos poucos com apoio da Bruna e toda dedicação e paciência do Rodrigo, fui ganhando confiança e evoluindo. Em novembro de 2020 chegou um dos momentos mais especiais e emocionante, entrar em “tarefa”. Foi um misto de emoção para mim. Comecei a treinar no meu carro, nessa fase a ajuda do meu esposo foi muito importante para tirar e colocar o carro na garagem. Foram muitas vindas do Rodrigo no meu prédio, depois de muitos treinos conseguir entrar e sair da garagem.

Mais tarde chegou a fase dos objetivos. Passar pelos túneis, subir e descer o alto da Boa Vista era pura emoção para mim. Nesse período comecei a sentir o gostinho bom da liberdade de dirigir, de resolver minhas coisas sozinha.  Hoje graças a Deus, a minha perseverança e a equipe da Clínica Cecília Bellina em especial a psicóloga Bruna e o Instrutor Rodrigo eu digo que sou uma motorista. Que treinei na melhor “escola de pilotagem do Rio de Janeiro” fala do meu filho Vitor. Agradeço de coração, meu esposo por ter custeado todo curso para mim, pela ajuda técnica nas entradas e saídas da garagem. Agradeço a psicóloga Bruna e o instrutor Rodrigo pelo profissionalismo, dedicação, orientação, e todo apoio técnico e emocional. E o carinho do nosso grupo maravilhoso que levarei para sempre no meu coração.

 

GRATIDÃO A TODOS VOCÊS!!!

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

FALE CONOSCO

Deixe sua mensagem que reponderemos o mais rápido possível.

Enviando

Nossos telefones: Botafogo (21) 2286.6722 / Tijuca (21) 3294.8475 

arqabs

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?